domingo, 14 de setembro de 2008

Hambre

Passos guiados pela solidão
Lentos
Algumas memórias já não lhe trazem emoção
Vento

Sentimentos sem rumo entrando em colisão
Labirintos
Sem brilho nos olhos,olha ao redor e vê um vazio
Faminto.


São lentos os ventos naquele labirinto e ele está faminto, não minto,sinto.
Estamos todos famintos no labirinto.
A vida é a saída,a liberdade é a comida.



::Ana::

12 comentários:

|________Uerlle| || || |___| disse...

Adoreiiiii
"A vida é a saída,a liberdade é a comida."
Bjos!

Camila Colossi disse...

"A vida é a saída,a liberdade é a comida."
hahaa
adoreei tbm auhaha bem criativo ahaua

:)

bejoo

Victor Canti disse...

filosófico, sutil porém forte..
texto singular!!
bjs

Pri C. Figueira disse...

Ana,

Amei seu texto, aquele o qual lemos e somos impactados pelas palavras!!!!

"São lentos os ventos naquele labirinto e ele está faminto, não minto, sinto..."

A força de vontade e fome pela liberdade o fizeram encontrar a saída, a vida!!!

Lindo mesmo!!!

Que Ele continue de dando tão belas palavras... bjs!

Tatah Marley's Confissões disse...

Nossa eles jah foram 4 vezes praí?!
o.O
kraaaaiu de asa, que foda vei!
nossa, eles sao fantasticos mesmo né?!
adoro!
*-----------------------------*

'A vida é a saída,a liberdade é a comida.'

trecho perfeito!

Ana disse...

nossa menina, q poema intenso
relamente estamos perdidos neste labirinto

hehe
bjxxx ^^

Luder disse...

Ana, desculpe me pela demora...

Nossa belo texto. Profundo!

"Sentimentos sem rumo entrando em colisão"
Estamos todos famintos[2]

[passando por momentos bem parecidos]

postei algo com idéia similar, não tao rico...rs

beijos. amei

Associação Beith Shalom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LUCIANO Martini disse...

Será que a boca tem céu, porque o mundo é comida...

Aline Michetti disse...

anita pOetaa .

vC seente tanto q até comove .
liinDo .

Gui Vivian disse...

Bah... que tri!

Garota devaneio disse...

ADOREI!