sábado, 15 de novembro de 2008

Passos lentos


Assim,sem pressa,
jogo-me às traças
deitadas nas páginas
de leves livros,
macios e com cheiro de passado,
de desespero,de dúvidas e de amor...

Assim,sem pressa,
vou caminhando em suaves passos,
pois sei que quanto mais se corre,
mais chances se tem de tropeçar
nas pernas,
na pressa,
nas pedras.

Assim,sem pressa,
mergulho em meus rios internos
e afogo minhas dores,
meus temores
e as ausências...

E assim,sem pressa,
olho devagar os vagos movimentos
dos jovens na esquina
e dos idosos que um dia já correram
até os ossos não suportarem mais...

Vejo a brincadeira de pega-pega
das crianças que não têm pressa
de serem adultas
e seus sorrisos,
são como preces das almas cansadas
de tanto correr.

E assim,sem pressa,sento-me.


Foto:Julie
Texto:Ana

12 comentários:

Sarah Toledo disse...

sem pressa...

até pq, quanto mais rápido se vive, menos se vive.

caminhemos devagar, ana.

bjim.

Mensagens da vida. disse...

bem realista. perfeito.

Dani Santos disse...

Sem pressa, vives. Porque viver é esse momento de agora, esse presente que, se nos demoramos muito a olhar, já passou. Sem pressa, os sonhos são feitos.
Adoro a poesia que brilha em seus olhos, mansa e serena, sem pressa, sem assaltos, porque infinita.

Abraço demorado

Pri C. Figueira disse...

Sabe, seu texto refletiu bem o meu pensamento nessas semanas... Viver sem pressa!
As vezes, nos focamos tanto em buscar algo, em chegar no nosso objetivo, que nos esquecemos nas pequenas coisas, assim como a Cecília Meireles disse, essas pequenas felicidades certas!

Ana, que vc possa viver a passos lentos, não de desânimo, mas com passos que te permitam viver intensamente cada momento!
Seu texto refletiu uma paz e uma serenidade sem fim, tão diferente do nosso mundo que hj vive as pressas!
Que nós possamos parar e ver o pôr-do-sol e as crianças brincando na praça!!

Bjus linda, suas palavras sempre me comovem muito e obrigada por partilhar desse dom!

jeffao_araujo disse...

lindo texto.
adoro ficar jogado às traças lendo bons livros...
adoro caminhar observeando o tempo...
adoro mergulhar em meus próprios rios...
e tudo isso sem pressa.

você está cada dia melhor.
parabéns

Gaby Soncini disse...

Como é bom observar a vida sem pressa.

Belissimo seu poema.

Bjs.

Eduardo Trindade disse...

Sem pressa de ler teus versos.
Sem pressa de observar a vida.
Sem pressa de fazer parte desta mesma vida. Aproveitando-a bem.
E sem pressa de soltar o abraço carinhoso que te envio!

Sidarta disse...

Ana, a ansiedade faz a gente querer se apressar. Nesse mundo onde tudo acontece muito rápido, onde a gente muitas vezes é pressionado para acompanhar a velocidade das mudanças, a modernidade... Você fez uma comparação interessante com o mundo infantil, que não tem a mesma pressa nossa. Lembro de meu sobrinho Gabriel, que vai fazer um ano agora em dezembro. O estimulamos várias vezes a engatinhar, e agora que está engatinhando, tentamos estimulá-lo a andar, mas ele prefere continuar engatinhando. Ele não tem pressa. Eu aprendi isso com ele. Quer dizer, eu entendi o que ele quer me passar: ele é quem ditará o próprio ritmo de desenvolvimento. E ele, em sua pureza de coração, tem o ritmo da vida, da natureza, que a maioria de nós adultos, perdemos. Adorei o poema!

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Sem pressa a gente alcança toda a vida, e caminha, e levanta, e se assenta, e forma céu onde pisa com os pés no chão...

Um milagre diário!

Belo texto!

...

wholesale jewelry disse...

cool blog

游戏秘籍网 disse...

Read your article, if I just would say: very good, it is somewhat insufficient, but I am

still tempted to say: really good!
Personalized Signature:面对面视频游戏,本地棋牌游戏,本地方言玩游戏,打麻将,玩掼蛋,斗地主,炸金花,玩梭哈

南通棋牌游戏中心 disse...

Although we have differences in culture, but do not want is that this view is the same and I like that!