segunda-feira, 4 de outubro de 2010

- Sonhar é cometer adultério contra o futuro.
- Pois então, já estou condenado.

8 comentários:

Rodrigo Tomé disse...

Lindo de mais da conta! Aforismos são como espasmos da alma. O seu foi mais que isso, foi alma saindo e dizendo "estou aqui"!

Michele P. disse...

Estamos, minha colega. Estamos.
Um abraço!

Thammy disse...

Os sonhos sempre trazem uma corda bamba de expectativas mil. E lá na frente, acaba por nos suprimir, ferindo a esperança do que podia ter sido e não foi. Exite alguma fórmula para não esperar tanto da nossa vida? Apenas deixar ela fluir, leve e solta? Se sim, me diga.
Um beijo!!

Sidarta disse...

Nos vemos no inferno!

Tatyan disse...

Assim eu tô perdida: sonho dormindo e acordada (acordada é onde mora o perigo...).
^.^

° Marrí disse...

Adulteros, contentes em si.

Eduardo Trindade disse...

Instigante esse ponto de vista... Mas não seria isso uma certa justificação do adultério? Pois eu, tão certinho, acabo sendo assim um adúltero compulsivo.

Mauri A. Oliveira disse...

Sendo assim, também sou um adultero confesso e contente!