domingo, 7 de novembro de 2010

as palavras
encurtaram-se
como quem
tem preguiça
de esticar os braços
e conceder abraços.
paciência.

Um comentário:

Rodrigo Tomé disse...

A poesia vai ficando sintética, acho que o twitter influencia a gente. Mas é genial dizer muito com poucas palavras, mas...


como o Saramago dizia que estamos involuindo, daqui umas gerações vamos voltar a grunhir. O camarada que disser o uga-buga mais viril leva a fêmea pra sua caverna.

Enquanto isso, vamos fazer o melhor, - é +! Bjs