sábado, 4 de dezembro de 2010

Das prosas

Situava-se na casa dos trinta enquanto toda a vida passava por entre seus braços. Apesar de conviver com pessoas que sempre mediam seus feitos através de números e idades, sempre tivera no pensamento a ideia de que a vida é burra em matemática e que nunca é tarde para realizar ações.Talvez fosse uma das únicas que pensasse assim, já que para o resto do mundo...

Um comentário:

Michele P. disse...

Se for como dizem, estou bem atrasada. Caminho para a casa dos 26 e não noivei, muito menos engravidei até agora... risos

Gostei de ler-te.