quinta-feira, 30 de junho de 2011

Pra quando



Carnaval chegando ou não
Desfeveirando sem marchinha
sem samba no pé
sem anúncio na rede globo
e nem com o Chico pra se guardar...
as alegrias não poderão ser adiadas,
nem abafadas,
sufocadas.
Guardar-se é cegar-se para os agoras.

4 comentários:

Michele P. disse...

Não gosto dos carnavais brasileiros, mas alegro-me com as festas interiores, aquelas que se passam nos corações. ;)
Lindas palavras, dona Ana!
Um abraço

Poeta da Colina disse...

Ninguém passa isento.

Rui disse...

façamos de cada dia carnaval, mesmo que num "bloco do eu sozihho", viva a alegria

Eduardo Trindade disse...

"Meu tempo é quando." (O Poetinha)
E nosso carnaval é agora.
Abraços, guria!
PS: Estou no meio de tua carta.