segunda-feira, 31 de outubro de 2011

do caminhar

"And the world spins madly on " (the weepies)


Este pedaço de vida
- que se alimenta de possibilidades e desencontros -
prevê que desalinho
assistindo
os rostos passarem,
as mãos se entregarem
sem mim.

2 comentários:

Poeta da Colina disse...

vivemos entre as possibilidades e desencontros.

Ramon de Alencar disse...

...
-Às vezes vejo a todos como grãos de areias... um grande e indistinto amontoado de sozinhos.