terça-feira, 19 de junho de 2012



essa chuva
nos afasta tanto
que até pensei:
na próxima vida
quero ser seu telhado com defeito,
escorregar macio
e penetrar sua sala.

4 comentários:

Poeta da Colina disse...

Pelas frestas da chuva se respira.

' Jeffão Araújo disse...

e ali fazer morada.

LINDO!

Tanara Adriano disse...

absurdamente LINDO!
quanta coisa dita em tão poucas palavras;

maravilhoso seu cantinho chérrie;

Se puder e quiser flor, segue no meu novo blog?
Beijo!

Michele Pupo disse...

Você é uma "gênia", Ana. Adoro a maneira como sintetiza uma ideia de maneira rápida, leve e certeira.