quarta-feira, 1 de agosto de 2012

do coração

Para Aline do (coração) motorizado

Marcos Eduardo Batista ( atuando na peça Ausculta: musculaturas afetivas)

Sangrando em terra
Sob alcance de mim-você
Carne que é carne
alimenta.
O resto...
fantasia.

3 comentários:

Ilczuk disse...

Que dizer? Eu teria dito isso, mas vc já disse! Perfeita vc!

Poeta da Colina disse...

Sentimento também sacia

' Jeffão Araújo disse...

tudo mas/mais é fantasia!